Maternidade investiga 'tampão' dentro de mulher após parto.

Nasa anuncia descoberta de novo sistema solar com sete planetas.

Facebook do Momento Verdadeiro

sábado, 26 de setembro de 2015

Prefeito de Niterói vai armar a Guarda Civil Municipal.


Rio. O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, vai armar a Guarda Municipal. Em recente entrevista ao jornal O Dia, ele disse que pretende dobrar o efetivo da Guarda Municipal e espera sinal verde da Polícia Federal para armá-la. 
Niterói, assim como outras cidades do Estado do Rio de Janeiro, enfrenta problemas de segurança. Ao jornal, Rodrigo Neves disse que investiu R$ 60 milhões em segurança e também aumentou o efetivo da Guarda Civil Municipal. "Aumentamos de 290 para 600 o efetivo da Guarda Municipal e dobramos o salário, que hoje é superior ao de um soldado da PM. A prefeitura reformou e reabriu cabines da PM, que passaram a ser ocupadas por guardas conectados a viaturas policiais que atuam naquele perímetro, e construí a Delegacia de Homicídios. Niterói já é a cidade mais vigiada do estado. Investimos no Centro de Informações em Segurança (Cisp) e temos 80 botões de pânico espalhados em vários pontos. Hoje, todas as entradas da cidade possuem sistema que identifica carros com placas roubadas. Até o fim do ano, 80 guardas receberão smartphones também com botões de alerta móvel".

Neves contou que no próximo mês assina com a Polícia Federal (PF) para a GCM usar armamento de fogo. "Mês que vem assino protocolo com a Polícia Federal para que a Guarda possa usar armamento de fogo (no estado, apenas Volta Redonda e Barra Mansa têm guardas armadas). A primeira turma será formada no segundo semestre de 2016. Da mesma forma como dobrei o efetivo da Guarda, espero que Pezão e Beltrame dobrem o efetivo da PM (mais 200 homens)".

O prefeito de Niterói explicou como será a atuação da Guarda Municipal armada. "Vai atuar só no asfalto. Nunca vai substituir a PM no enfrentamento da criminalidade, do tráfico de drogas, nem vai substituir a função da Polícia Civil nas investigações do crime organizado. Vamos implantar corregedoria, estatuto da Guarda e um programa de acompanhamento psicológico e treinamento. Entrego ano que vem a Cidade da Ordem Pública, com centro de formação e academia de esporte, para preparar o efetivo". Leia a entrevista na íntegra no site do jornal 'O Dia'.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.