Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sábado, 26 de setembro de 2015

Professora é morta pelo marido ao descobrir que ele teria matado ex-mulher.


Paraná. Na última sexta-feira, 25, uma professora de inglês foi assassinada a tiros pelo ex-marido, em Juscimeira, a 164 km de Cuiabá. Maria das Dores Ramos dos Santos, de 39 anos, conviveu com o suspeito durante um ano, até descobrir que ele era investigado pela Polícia Civil pelo homicídio da ex-mulher.

Segundo informações do 'G1', a professora decidiu romper o relacionamento, e o marido não aceitou, segundo a família. O suspeito do crime foi encontrado morto na caixa d'água de uma casa no Bairro Jardim Esmeralda, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, por volta de 12h [13h no horário de Brasília]. De acordo com a polícia, ele se matou.

O homem tentou fugir e foi perseguido pela polícia. Tentou se esconder na casa da ex-cunhada em Várzea Grande e se matou naquela residência após a chegada de policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que tentavam prendê-lo.

Uma arma de fogo usada no suicídio foi apreendida e estava com um projetil fora da câmera e outro picotado, informou a Polícia Civil. O corpo foi retirado da caixa d'água pelo Corpo de Bombeiros.

Maria das Dores foi morta na frente dos dois filhos, um de seis e outro de 16 anos. O adolescente também foi atingido pelos disparos e está internado no Hospital Municipal de Jaciara, cidade vizinha. Familiares informaram que ele foi baleado no tórax e de raspão na cabeça. Já a criança nada sofreu. Leia a matéria na íntegra.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.