Cena do filme O Último Tango em Paris repercute na web.

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

domingo, 18 de outubro de 2015

Cerca de 4 bilhões de pessoas no mundo ainda não têm acesso à internet.


A Comissão de Banda Larga das Nações Unidas divulgou esta segunda-feira que 57% da população mundial ainda não é beneficiada "pelas grandes vantagens econômicas e sociais que a internet pode oferecer".
Ou seja, 4 bilhões de pessoas ainda não têm acesso à internet. Nos 48 países menos desenvolvidos do mundo, cerca de 90% da população não tem nenhum tipo de conexão com a internet.

Brasil

Nos países em desenvolvimento, 35% dos habitantes acessam a rede. O relatório também traz dados sobre o Brasil, onde 57% da população utiliza a internet.

Segundo o levantamento, 48% das residências brasileiras têm internet. A cada 100 habitantes do país, apenas 11,5 são assinantes de banda larga. Mas no caso da internet móvel, 78 entre 100 brasileiros têm acesso.

Ásia e África

O relatório mostra que os 10 países em desenvolvimento com maior presença de internet nas residências estão localizados na Ásia ou no Oriente Médio, com a Coreia do Sul liderando a lista: por lá, 98,5%  das casas estão conectadas. Na sequência, vem o Catar e a Arábia Saudita.

Por outro lado, os índices mais baixos estão na África Subsaariana. Na Guiné, na Somália, no Burundi e na Eritréia, a internet está disponível para menos de 2% da população.

O presidente da Comissão de Banda Larga , Houlin Zhao, que é secretário-geral da União Internacional das Telecomunicações, declarou que o acesso à internet pode acelerar o desenvolvimento.

Já a diretora da Unesco, Irina Bokova, destacou que a nova agenda global, que será adotada na ONU no fim de semana, reconhece o "poder das novas tecnologias em acelerar o progresso humanos".

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.