Deputados se retiram de plenário após manobra pró-Cunha.

Política - Parlamentares de diversos partidos, liderados pela oposição, saíram do Plenário durante a Ordem do Dia depois de uma decisão do deputado Felipe Bornier (PSD-RJ).

Bornier presidia a sessão e anulou a reunião no Conselho de Ética marcada para a leitura do parecer do deputado Fausto Pinato (PRB-SP), que recomenda o andamento das investigações contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Os parlamentares argumentaram que a reunião do Conselho, marcada para as 9h30, iniciou-se fora do prazo regimental e continuou mesmo depois de iniciado o período de votações do Plenário.

Felipe Bornier, então, cancelou os trabalhos do Conselho. Mas a decisão gerou protestos de deputados de vários partidos, que acusaram a presidência de agir com arbitrariedade.



[ Rádio Agência Nacional/Agência Câmara ]

Comentários

Canal do Washington Luiz - Notícias