Saúde alerta gestantes sobre riscos de microcefalia.

Saúde - O Ministério da Saúde hoje divulgou recomendações para as mães que estão preocupadas com o aumento de casos de microcefalia no Nordeste.

As recomendações são as seguintes: Fazer exames de pré-natal, evitar álcool e drogas, não usar medicamentos sem orientação médica e proteger-se de mosquitos.

Segundo nota do ministério, é importante que as gestantes e suas famílias adotem medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doenças, retirando recipientes que tenham água parada e cobrindo adequadamente locais de armazenamento de água.

Além disso, a nota também recomenda que as famílias  mantenham portas e janelas fechadas ou teladas, e que as gestantes usem calça e camisa de manga comprida e utilizem repelentes para evitar picadas de mosquitos.

O Ministério indica ainda que, até que se esclareçam as causas do aumento da incidência da doença, as mulheres que planejam engravidar avaliem os riscos antes de tomar uma decisão.

A nota acrescenta que “não há uma recomendação do Ministério da Saúde para evitar a gravidez. A decisão de uma gestação é individual de cada mulher e sua família”.

[ Fonte: Agência Brasil ]

Comentários

Veja também

Justiça Federal condena Sergio Cabral a 45 anos de prisão