Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

domingo, 20 de dezembro de 2015

10 maneiras para melhorar o sinal de wifi em sua casa.


Internet - O órgão fiscalizador das comunicações no Reino Unido afirma que redes de internet wifi em casas e escritórios muitas vezes são instaladas de forma incorreta ou sofrem interferência de eletrônicos como babás eletrônicas, micro-ondas e as já citada luzes de Natal. Mas como se livrar dessa e de outras ameaças? A BBC lista 10 dicas para tornar o sinal mais forte.

1. Atualize seu roteador - Os roteadores que as empresas oferecem quando instalam sua internet, atualmente, são considerados decentes. Mas se você quiser uma conexão realmente rápida em casa, por que não pedir um novo roteador de Natal? Os mais modernos farão sua conexão ser mais rápida e melhor.

2. Troque o roteador de lugar - Isso pode até ser senso comum para alguns, mas não custa repetir: o quanto mais alto, melhor. Então coloque seu roteador no segundo andar da casa se puder, em cima de móveis e em uma localização central na casa. Mas, obviamente, você precisa pensar se fazer isso é prático, já que o roteador pode precisar de cabos e de uma tomada.

3. Mude o canal do roteador -  Essa é um pouco mais técnica, mas alguns roteadores atualmente vêm com duas larguras de banda (veja o manual do seu aparelho para saber se é o caso do seu). A maioria dos roteadores funciona com frequência de 2.4GHz, assim como diversos eletrônicos como micro-ondas, babás eletrônicas, bluetooth, câmeras de segurança e telefones sem fio. Se você mudar a frequência para 5GHz você provavelmente terá menos interferência. Seu vizinho, provavelmente, também usa a frequência 2.4GHz, então a rede dele também deixará de interferir na sua.

4. Corte interferências - Muitas coisas podem afetar seu sinal de wifi - e por isso o Ofcom mencionou as luzes de Natal. Mas qualquer cabo elétrico pode ter um impacto negativo se estiver no caminho, assim como portas de metal, parafusos, água (aquários, por exemplo), espelhos, lâmpadas de halogêneo, gaveteiros de arquivos, tijolo, vidro e concreto. Qualquer coisa que afete a força do sinal é chamada atenuação (só para você saber).

5. Atualize seu software - Garanta que seu roteador tem as últimas atualizações. O software é constantemente atualizado e os celulares e laptops mais modernos vão se conectar a velocidades mais altas com um sinal mais forte de wifi. Mas mais importante que isso é a chamada relação sinal-ruído, que determina de fato a velocidade de dados a que o aparelho irá se conectar. Só porque você vê cinco barras em seu dispositivo, não significa que você tenha alta velocidade garantida.

6. Pense sobre extensores - Extensores funcionam empurrando seu sinal para mais longe. Você também pode usar roteadores antigos para fazer isso, mas é um pouco complicado. A coisa mais fácil é comprar um extensor de sinal wifi ou, ainda melhor, usar a chamada "powerline technology". Isso significa conectar adaptadores nas tomadas principais. Eles passam o sinal através da rede elétrica, permitindo que você conecte um cabo de internet no adaptador em um cômodo onde o wifi não chega.

7. Compartilhe com seus vizinhos - Se você mora em um prédio e se dá bem com seus vizinhos, você pode compartilhar um roteador. Dessa forma, a pessoa que mora no andar mais alto pode distribuir o wifi para o resto do prédio e vocês dividem os custos. Mas se você mora na parte de baixo, pode ficar com um sinal mais baixo. Você também pode usar seu celular ou laptop como um ponto de wifi ou comprar um aparelho conhecido com MiFi (um microroteador).

8. Garanta a segurança de seu wifi - Se você não gosta de seus vizinhos, ou se simplesmente quer uma rede mais segura, use um protocolo de segurança wireless (em inglês, Wireless Security Protocol - WPA/WPA2) em vez do WEP. Você pode fazer uma busca pelo seu roteador online e checar como mudar isso nele. Só por curiosidade: WEP significa Wired Equivalent Privacy e WPA é Wi-Fi Protected Access. Você também pode limitar o número de aparelhos que seu wifi suporta com algo chamado endereço MAC (do inglês media access control). Há muitos tutoriais na internet para que você faça isso sozinho.

9. Não anuncie seu sinal - Sabe quando você procura por um wifi público e aparecem várias opções?Se você não tornou a sua rede segura, o seu sinal vai entrar na lista e outras pessoas poderão utilizá-lo. Você pode tornar sua rede segura adicionando um código de segurança (o password). Mas, para torná-la ainda mais segura, você pode ir a sua página de administração e desmarcar "Enable SSID Broadcast". Isso vai fazer seu sinal desaparecer da lista do smartphone da maioria das pessoas, apesar de haver apps que conseguem achar seu sinal escondido.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

Netflix cria meia que pausa vídeo quando usuário cai no sono.

10. E se nada disso der certo... use um papel laminado - Essa é uma saída um pouco mais alternativa, e ainda não foi comprovada cientificamente, mas parece funcionar às vezes. Pegue um pouco de papel laminado e ponha na parte de trás do roteador. Você pode baixar um verificador de velocidade do wifi para testar se a solução funciona. Outras pessoas usam outros objetos metálicos atrás do roteador - de latas de cerveja a peneiras de metal e raladores.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.