Foto da mulher de Sérgio Cabral com roupas de presidiária circula na web.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Após 39 anos, Palmeiras volta a ser campeão sem Luxa ou Felipão.


Futebol - Campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras em uma disputa de pênaltis emocionante contra o Santos, Marcelo Oliveira pôs fim a uma escrita que já durava 39 anos. Desde 1976, apenas Vanderlei Luxemburgo ou Luiz Felipe Scolari haviam comandado o clube em conquistas importantes. A informação é do portal da Band.

A última taça erguida sem Luxa ou Felipão à frente da equipe foi o Paulistão de 1976, quando Dudu comandava a o time liderado por Emerson Leão e Ademir da Guia.


Desde então, o Palmeiras amargou um jejum de 17 anos e só voltou a ser campeão no início dos anos 90, quando Luxemburgo assumiu o time na Era Parmalat. A equipe faturou o bicampeonato Paulista e Brasileiro (1993 e 1994) e ainda conquistou mais um estadual em 1996.

Na sequência, já com Felipão no comando, o Palmeiras conquistou uma Copa do Brasil (1998), uma Copa Mercosul (1998) e uma Copa Libertadores (1999).

O início dos anos 2000 foi complicado, incluindo o primeiro rebaixamento para a série B, em 2002. O clube só voltou ao caminho das glórias no Paulistão de 2008, novamente com Luxemburgo no banco de reservas. Já na última taça relevante, a Copa do Brasil de 2012, Felipão era o comandante novamente.

Neste período, o Palmeiras chegou a ser campeão com Flávio Murtosa (Copa dos Campeões de 2000), Jair Picerni (Série B de 2003) e Gilson Kleina (Série B de 2013), mas as taças não possuem os mesmos pesos das conquistas pela dupla consagrada que “reinou” nas últimas décadas.

Fonte: Portal Band

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.