Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Caos na saúde pública em Campos, RJ, parece estar longe do fim.


Campos dos Goytacazes - Diversas denúncias apontam falta de fraldas do programa municipal Pró-Fraldas. Adultos, crianças e idosos estão sem receber assistência da Prefeitura e alguns estão sem receber as fraldas há cerca de seis meses, como informou o portal G1. A Prefeitura de Campos diz que a queda na arrecadação dos royalties afetou o programa.

A equipe da Inter TV foi até à sede do Pró-Fraldas, mas funcionários não quiseram gravar entrevista. Na porta do programa, um homem que foi buscar fraldas para o filho de 8 anos voltou para casa de mãos vazias.“A gente pega essa quantidade de 30 dias e quando chega pra pegar a gente nunca encontra”, disse Wallace Justiniano.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

A Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes disse, em nota, que o benefício é pago com os recursos dos royalties do petróleo, que diminuíram, e o Pró-Fraldas acabou afetado. Disse ainda que novos fardos devem ser entregues nas próximas semanas. A nota diz também que o recadastramento é feito a cada seis meses para evitar fraudes e que o último aconteceu entre agosto e outubro, quando algumas pessoas deixaram de atender os critérios do programa.

Processo seletivo para professores

Quissamã - O processo seletivo para professores está com inscrições abertas. A Secretaria de Educação informou que o processo segue até o dia 11 de dezembro para formação de cadastro reserva. As vagas são para professor I e professor II nas áreas de ciências físicas e biológicas, educação física, geografia, história, matemática, orientador educacional, orientador pedagógico e para supervisor educacional. 

Os interessados devem entregar a documentação, descrita no edital, no Protocolo Geral da Prefeitura Municipal de Quissamã, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h30. O edital pode ser acessado no site da Prefeitura de Quissamã.

Moradores protestam contra falta de transporte em São João da Barra.

São João da Barra - Um grupo de pessoas protestaram contra a falta de transporte público próximo a ponte do Rio Doce, que liga Marreca à Quixaba. Os manifestantes atearam fogo em pneus e interditaram o local. A Polícia Militar foi acionada para tentar controlar a ação. A informação é do jornal Campos 24 Horas.

Saúde pública em Campos precisa de remédios.

O caos na saúde pública em Campos parece estar longe do fim. Além dos problemas como o grande número de casos de dengue - já são 3.467 de janeiro até novembro - a falta de leite especial, pacientes em corredores do Hospital Ferreira Machado e Hospital de Guarus, e a longa espera para fazer algumas cirurgias. A falta de remédios também tem sido constante e gera transtorno a pacientes e familiares que precisam do tratamento adequado. Assista ao vídeo:

Fontes: G1, Campos 24 Horas, Terceira Via.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.