Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Hackers atacam página do primeiro-ministro do Japão por caça às baleias.


O movimento de hackers (pessoas que elaboram e modificam softwares e hardwares de computadores) Anonymous bloqueou hoje (10) o acesso à página na internet do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, num ataque em protesto contra o programa de caça às baleias.

O portal do primeiro-ministro permanece parcialmente bloqueado devido a um ataque de recusa de serviços (DDos ou Distributed Denial of Service), cuja autoria foi reivindicada pelo grupo internacional de hackers na rede social Twitter, onde afirma que a caça de baleias “não é um direito cultural”.

O porta-voz do Executivo japonês, ministro Yoshihide Suga, reconheceu, em entrevista, que o ataque limitou o acesso ao portal de Shinzo Abe e informou que a polícia investiga se ele foi cometido por integrantes do Anonymous.

A ação dos piratas ocorre em represália à decisão do governo japonês de retomar o programa de caça de baleias. Pelo programa, poderão ser capturadas, na atual temporada, 333 exemplares no Oceano Antártico para fins que, segundo o governo, são científicos.

Mais de 30 países, incluindo todos os que integram a União Europeia, os Estados Unidos, o México e a Austrália, apresentaram nesta semana proposta conjunta ao governo japonês contra a caça de baleias, que também é contestada por organizações ambientalistas.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

A rede Anonymous posicionou-se contra essa prática, como fez em relação à caça de golfinhos de Taiji, no oeste do Japão, em novembro, quando os hackers provocaram o colapso de dezenas de portais japoneses.

Via Agência Lusa.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.