Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Barrado na CCXP, Pânico na Band é alvo de abaixo-assinado.


O 'Pânico na Band' pode estar com os dias contados. O programa se tornou alvo de uma petição online, que pede para que a emissora Bandeirantes cancele a atração. Criada em 7 de dezembro, a lista já conta com cerca de 35.000 assinaturas e justifica seu pedido ao citar o caso que levou o humorístico a ser barrado na CCXP - Comic Con Experience. Giovanni R., que criou o abaixo-assinado, afirma que o programa "faz incentivo ao bullying e ao assédio físico e moral seja dos entrevistados, participantes e até mesmo telespectadores. "Ele ainda falou que "muito tempo se passou, nada aconteceu e muitas pessoas foram ofendidas". A petição pretende conseguir 700.000 assinaturas.

No evento da CCXP, que ocorreu entre 3 e 6 de dezembro, os apresentadores Lucas Selfie e Aline Mineiro abordaram de forma desrespeitosa uma garota que fazia cosplay de Estelar, personagem do desenho Jovens Titãs. Na ocasião, além de fazer piadas com a fantasia, o humorista lambeu o braço da moça. No último dia de convenção, a equipe do programa teve sua entrada proibida.

Na ocasião, a organização divulgou uma nota de repúdio ao programa e explicou a decisão de banir a equipe das próximas datas do evento. "É com tristeza e um sentimento de desgosto, então, que assistimos à maneira como o programa Pânico na Band, incapaz de lidar com o diferente, traz para dentro da CCXP seus preconceitos de gênero e seu franco desrespeito, entrevistando cosplayers com grosseria - chegando a lamber uma visitante." A Band não se pronunciou sobre o pedido da petição.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

Em agosto, a OAB encaminhou à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, órgão do governo federal, uma denúncia de "afronta racial" contra o personagem Africano, criado pelo Pânico na Band. Mais recentemente, em outubro, o perfil do programa no Twitter publicou um tuíte pedófilo sobre uma participante do MasterChef Júnior, também da Band, que afirmou que a conta havia sido "hackeada".

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.