Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Rio tem fim de semana com temperatura de até 37 graus e sensação térmica maior.


Rio de Janeiro » Depois de o feriado de Natal ter registrado um dia de sol forte e temperatura máxima de 36,9ºC, o carioca volta a ter um sábado de muito sol e calor, situação que deverá se estender até amanhã. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o dia de hoje será de muita calor, com a temperatura máxima podendo chegar a 37ºC e sensação térmica ainda maior.

O céu ficará parcialmente nublado a nublado, com possibilidade de chuva em áreas isoladas nas regiões do Médio Paraíba, de serras, no centro e sul fluminense a partir da tarde. A umidade relativa do ar deverá ficar elevada, o que vai garantir mais um dia característico do verão: abafado e com previsão de pancadas de chuva no fim da tarde.

Nessa sexta-feira, as praias estiveram lotadas e a sensação térmica chegou a 42,8º. A temperatura máxima foi registrada em Irajá, na zona norte da cidade, e a maior sensação térmica ocorreu em Santa Cruz, na zona oeste.

As praias ficaram cheias, o que deverá se repetir hoje (26) e amanhã. Informações do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) indicavam dez praias como próprias para o banho, entre elas Copacabana, Ipanema e parte do Leblon, todas na zona sul da cidade.

O boletim do Inea não recomenda o banho de mar nas primeiras horas após a ocorrência de chuva e próximo às saídas de galerias de águas pluviais ou canais de drenagem, como ocorre em alguns pontos de Ipanema, do Leblon e de São Conrado. O banho de mar não é recomendado, no entanto, na orla de Botafogo, do Flamengo, Leblon, Pepino, Quebra-Mar até o Pepê, de São Conrado, da Urca e do Vidigal.

Furtos

Cariocas e turistas que resolverem aproveitar o dia de sol forte e calor acima de 35ºC devem estar atentos a assaltos e furtos - o maior problema das praias cariocas e que acontece com maior frequência nesta época do ano. Dados da Pesquisa de Percepção 2015, feita pelo Movimento Rio Como Vamos, mostra que o índice de preocupação da população com a questão da segurança passou de 16%, em 2013 para 69% este ano.

Essa apreensão nas praias foi sentida em todo o município do Rio. A percepção de segurança caiu drasticamente: sete em cada dez pessoas ouvidas afirmaram que a segurança piorou muito no último ano. Em 2013, esse percentual era 23%, em 2011, 10%, e este ano subiu para 71%.

“A sensação de insegurança nas praias acompanha o desânimo do carioca com o problema no Rio de uma forma geral”, explica Thereza Lobo, coordenadora do movimento.

Preocupações com o calor

A preocupação com a onda de calor que vem atingindo a cidade levou a Defesa Civil do Rio a lançar o Plano Verão, que visa a alertar a população sobre os efeitos do calor. A ideia, segundo a assessoria de imprensa do órgão, é avisar por mensagem de texto os riscos das temperaturas extremas.

As mensagens serão disparadas com as previsões do tempo para o dia (sempre que o calor ultrapassar os 41º) e darão dicas de como lidar com as altas temperaturas. O objetivo é minimizar os males causados pelo clima quente. Os interessados em receber os boletins podem se cadastrar no site www.sisemte.cbmerj.rj.gov.br. Os dados solicitados são nome completo, e-mail, CPF e RG, CEP, número do telefone e operadora.

 Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

A Defesa Civil vai se basear em uma pesquisa, com informações sobre sintomas, consequências do calor como mal súbito, insolação, dor de cabeça, convulsão, náusea e vômito, para alertar as pessoas mais vulneráveis. A partir da análise dos dados e das informações fornecidas pelos usuários, o público mais propenso a cada mal será alertado.

Via Agência Brasil

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.