Ministro afasta Renan da presidência do Senado.

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

CEO do Facebook quer criar um robô.


O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, acaba de anunciar ao mundo que sua missão pessoal para 2016 é “construir um sistema simples de inteligência artificial para controlar minha casa e me ajudar com meu trabalho. Pense em algo como um tipo de Jarvis no Homem de Ferro”.
Jarvis é a inteligência artificial criada por Tony Stark para auxiliá-lo nas HQs e nos filmes do herói.

Aparentemente, esse sistema “simples” vai cuidar de tudo, do aquecimento à iluminação da casa, por meio de comando de voz. Também vai agir como uma espécie de babá eletrônica sobrecarregada para sua filha, Maxima.

Zuckerberg disse que o investimento do Facebook em inteligência artificial – que já é bem alto – não é só um projeto paralelo, mas algo de extrema importância para a empresa. O CEO do Facebook tem analisado o que a Apple está fazendo com a Siri, o Google com o Google Now e a Microsoft com a Cortana. E decidiu que esses assistentes pessoais ainda meio primitivos podem, de verdade, ser o próximo grande acontecimento na tecnologia.

Talvez ele também tenha brincado com o Amazon Echo, alto-falante sem fio que aprende a sua voz e responde a todo tipo de perguntas ou de comandos, diz uma reportagem da "BBC". No momento, Zuckerberg está em Las Vegas se preparando para a CES (International Consumer Electronics Show, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo) e já emprestou um Echo da Amazon.

Atualmente, o alto-falante só está disponível nos Estados Unidos. Mas até agora ele tem entendido bastante bem meu sotaque britânico, me dando informações sobre o noticiário e sobre o tempo quando eu pergunto e tocando Pulp quando eu peço um pouco de Jarvis Cocker. Mas ele não entende quando eu pergunto sobre os resultados do jogo de críquete, ou quando eu quero saber o valor das ações da Amazon. A Alexa, a voz do Echo, me diz que não tem essas informações.

Assim, ainda há muito espaço para Mark Zuckerberg – e para os engenheiros de sua equipe – desenvolverem um assistente pessoal bem mais útil. Quem duvida de que em alguns anos vamos ser capazes de falar com o Facebook e fazer com que ele nos ajude em nossas vidas e tome conta de nossas casas? E mais um detalhe sobre o projeto desse pai de primeira viagem. Ao fazer esse anúncio a apenas alguns dias da CES, da qual o Facebook não participa, ele fez um lembrete para o mundo da tecnologia: não importa o que for anunciado em Las Vegas, sua empresa não ficará para trás.

No fim das contas, uma baita atualização de status. Agora, ele pode voltar a trocar fraldas.

Com informações da BBC.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.