Flamengo deve ou não renovar com Emerson Sheik?

Thiago Lacerda ganha indenização de R$329.000,00.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Menino é eletrocutado em estação do BRT.


Rio de Janeiro - Um menino de 4 anos foi eletrocutado na estação Mercadão do BRT Transcarioca, na Zona Norte do Rio, na tarde desta quarta-feira. Kaio Diego de Araújo Cardoso recebeu a descarga quando passava pela roleta da estação, que foi fechada após o incidente. A criança está internada em coma no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste.  

A família do menino acusa seguranças da estação de omissão, já que não prestaram socorro e disseram que 'era apenas um choque', reforçando que aquilo já teria ocorrido naquele dia. "O povo do BRT não fez nada. Simplesmente o guarda falou 'ah, foi só um choquezinho, de manhã já aconteceu isso' e o garoto estava desfalecido e veio um policial, um anjo, pegou ele e correu com ele para a maternidade. A gente vai processar o BRT. Os culpados que viram aquela roleta lá tem que ser punidos", disse Maria do Socorro Viana de Araújo, avó de Kaio, ao Bom Dia Rio, da TV Globo.

De acordo com o consórcio BRT, um policial militar a serviço do corredor expresso através do Proceis foi quem socorreu a criança e a levou inicialmente para a maternidade Herculano Pinheiro, ao lado da estação. Após receber os primeiros socorros, ele foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, de onde foi transferido posteriormente para o Albert Schweitzer.

Segundo o BRT, a estação Mercadão de Madureira está fechada para investigar o problema que causou o choque. Funcionários do consórcio estão do lado de fora orientando os passageiros que chegam à estação para se dirigir para as estações Otaviano e Manacéia, próximas do local.

A bateria de catracas onde houve a descarga elétrica foi interditada logo depois do eletrocutamento para a realização da perícia, que deve ser feita nesta manhã. O consórcio operacional do BRT lamentou a situação e disse que se colocou à disposição da família da criança e das autoridades para colaborar com o caso.

Fonte: O DIA

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.