Mulher é internada após sofrer 'overdose' de água

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

domingo, 3 de janeiro de 2016

Planos de saúde terão que cobrir 21 procedimentos novos.


As operadoras de planos de saúde são obrigadas a cobrir 21 procedimentos novos. A partir de agora os planos de saúde têm a obrigação de cobrir o teste rápido para dengue. O resultado sai em até meia hora. Outra novidade é que os planos também devem cobrir o exame para chikungunya, que é uma doença viral parecida com a dengue. Testes para o zika vírus não estão incluídos. A cada dois anos a ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar, inclui novos procedimentos e medicamentos que são de cobertura obrigatória pelos planos de saúde, conforme noticiou o Jornal Nacional.
A reportagem informa ainda que pessoas com deficiência auditiva, agora, passam a ter a opção de um novo tipo de prótese, fixada no osso. E pacientes com problemas cardíacos têm mais dois implantes disponíveis. Um deles é o cardiodesfibrilador, uma espécie de marcapasso que também libera uma descarga elétrica, se for preciso, para evitar a morte súbita.

Ainda de acordo com informações divulgadas pelo JN, para o tratamento de incontinência urinária, os planos têm que pagar pela aplicação de toxina botulínica. E a ANS incluiu ainda um novo medicamento - oral - para o tratamento de câncer de próstata, a enzalutamida. Na revisão, também aumentou o número de sessões, dependendo do caso do paciente, com fonoaudiólogos, nutricionistas, fisioterapeutas.

A Associação Brasileira de Medicina de Grupo, que representa parte das operadoras de planos de saúde, diz que vai cumprir a determinação da ANS, mas ainda não sabe qual será o resultado nas contas das empresas. A Federação Nacional de Saúde Suplementar, que também representa os planos de saúde, declarou que as empresas vão cumprir a determinação da ANS. Essas regras valem para os contratos desde 1999.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

A Agencia Nacional de Saúde Suplementar vai avaliar a mudança durante todo este ano, e em 2017 decide se a ampliação da cobertura vai provocar algum reajuste nas mensalidades. Se alguém tiver dificuldade para fazer um desses novos procedimentos, tem que procurar a ANS.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.