Mulher é internada após sofrer 'overdose' de água

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

domingo, 3 de janeiro de 2016

SC registra 3,5 mil casos de ataques de água-viva.


O Corpo de Bombeiros registrou 3,5 mil casos de queimaduras na última semana na região Sul de Santa Catarina. As queimaduras ocorreram nas cinco praias que ficam entre Passo de Torres e Balneário Rincão. Os casos estão acontecendo em plena época de reprodução das águas-vivas, como informou o portal de notícias da Globo, o G1.

Só na praia de Balneário Rincão são, em média, 280 atendimentos por dia. No verão de 2015, as águas vivas já tiraram o sossego dos banhistas. Houve dias em que os bombeiros registraram 600 casos de queimaduras na pele.

Para aliviar a sensação, segundo os guarda-vidas, é preciso tomar alguns cuidados: "A primeira recomendação é procurar atendimento, pra que a gente faça uma primeira limpeza superficial, utilizando vinagre, ir raspando com um palito, com as costas de uma faca pra retirar os tentáculos e evitar que mais toxinas sejam liberadas", sugere o cabo Lindomar Romancini.

Período de reprodução

"Esta é a estação de reprodução delas, então, é comum que venham um pouco mais próximo do litoral. Este 'boom" que a gente vê desde o ano passado se dá por causa do excesso de calor, a água está muito quente, aí elas vêm mais próximo do do litoral. Esse calor também aumenta o número de filhotes", explica a bióloga Maiara Figueiredo Cascaes.

Siga o M.V no Twitter e no Facebook 

A única maneira de se proteger dos ataques é ficar fora da água, explica.

Fonte: G1

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.