Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sábado, 30 de janeiro de 2016

Thábata Mendes deixa a 'XCalypso' após desentendimento com Ximbinha.


Parceria entre Thábata Mendes e Ximbinha chegou ao fim. A vocalista decidiu largar o projeto do ex-integrante da "Banda Calypso" durante uma reunião na tarde desta sexta-feira, em Belém, capital do Pará. O motivo foi uma discussão entre ela e o guitarrista depois de um show que a banda fez na cidade de Tibau, no Rio Grande do Norte, no último dia 16.

Após a apresentação, que teve pouca presença do público, os fãs da cantora se reuniram na frente do camarim e ela quis atender cada um. Ximbinha se irritou com a demora e deixou o local com os músicos. De acordo com uma fonte ligada a Thábata, ela reclamava muito da agressividade de Ximbinha e não aguentava mais ser maltratada por ele.

“Tudo o que foi publicado sobre ele é a mais pura verdade. A situação ficou insustentável para ela, que já vinha planejando isso há algum tempo”, contou a fonte, citando as acusações de agressão feitas por Joelma, ex-mulher e ex-parceira de trabalho de Ximbinha. “Eles tiveram uma briga horrível no último show. Ele vive bêbado”.

Em sua conta de Facebook, a cantora compartilhou uma publicação do amigo Maxsuel Praxedes: "Sim, gente! É verdade, Thábata se desligou da XCalypso, é só o que posso falar... O resto não cabe a mim. Aguardem um comunicado oficial da equipe da banda".

Um outro post anunciando uma coletiva de imprensa para falar sobre a saída da cantora da banda chegou a ser publicado, mas logo foi apagado.

No Instagram, o fotógrafo Paulo Eduardo, que fez um ensaio recente com a cantora, comentou a despedida do "XCalypso". "Mesmo fora da XCalypso, a sua estrela vai brilhar, você é muito amis além que uma banda, o dom é seu, o sucesso tem nome é, Thábata Mendes. Estamos com você", escreveu.

A "XCalypso" já havia divulgado dois shows para os próximos dias. Um neste sábado em Senador José Porfírio, no Pará, e outro no dia 10 de fevereiro com o bloco Tapera, em Cametá, no mesmo estado. Até o momento, a assessoria não se manifestou sobre a saída de Thábata ou sobre mudanças na agenda do grupo.

Fonte: O DIA

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.