Arena Condá recebe os heróis da Chapecoense. #ForçaChape

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Google cria mapa para comunidade LGBT.


O Google lançou um mapa customizado para a comunidade LGBT de todo o mundo, no qual as pessoas podem marcar os lugares especiais que são motivo de orgulho. A iniciativa se chama “Places of Pride” e faz parte dos eventos relacionados ao Fair Day, um piquenique para mais de 70 mil pessoas parte das comemorações do Mardi Gras 2016, festival organizado pela comunidade gay de Sidney, Australia.

O objetivo do mapa é fazer com que os usuários possam compartilhar os locais em que se sentiram orgulhosos de sua identidade, ao ponto de poderem tomar ações importantes como assumi-la para a família ou amigos ou pedir alguém em casamento. “Um local de orgulho pode ser qualquer lugar que você se sentiu ou testemunhou orgulho. Pode ser onde você se abriu para amigos ou colegas, encontrou seu parceiro ou deu suporte à diversidade a sua comunidade”, explica o designer de mapas do Google, Patrick Hoffmann, no blog do Google.

O mapa (google.com/maps) possui um marcador especial criado para representar o Places of Pride e basta clicar em um deles para saber o que aconteceu naquele local e quem contribuiu com aquela história.

O público também poderá adicionar seus próprios locais no mapa. Uma equipe do Google montou uma barraca no Fair Day, onde os funcionários estarão atendendo os visitantes com tablets para ajudar na tarefa.

O Mardi Gras 2016 ocorre entre os dias 19 de fevereiro e 6 de março, em Sidney. O Fair Day está programado para o dia 21 de fevereiro e espera reunir mais de 80 mil pessoas. O mapa pode ser acessado de qualquer lugar do mundo e permite criar pins (marcos) em qualquer localização, inclusive no Brasil. É preciso apenas estar conectado em uma conta Google.

Fonte: Google (Traduzido por Techtudo).

Um comentário :

  1. Caramba! No meu computador esta escrito assim
    "A iniciativa se chama "place of victimhood"..."
    Fiz o scan e o antivirus mostrou que "uma ameaça, ameaça opressora (opressora mesmo!) tinha sido detectada"

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.