Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Pastor é preso por estuprar filha durante seis anos.


O pastor de uma igreja evangélica  foi preso depois de confessar à Polícia Civil ter estuprado a filha durante seis anos. Segundo informações da polícia, o suspeito, de 57 anos, é dirigente da instituição religiosa e admitiu que abusava da filha, hoje com 14 anos, desde que ela tinha 8. Esse caso aconteceu em de Jundiaí, no Estado de São Paulo.

A delegada responsável pelo caso, Maria Beatriz de Carvalho, explicou, em entrevista ao portal G1, que o pastor foi denunciado à polícia depois que a esposa percebeu atitudes estranhas do marido. A menina nunca havia contado sobre os abusos sexuais até ser ouvida na delegacia. Ainda segundo a delegada, o homem obrigava a adolescente a dormir na cama do casal.

Após a denúncia da mãe, a polícia fez buscas pelo suspeito, que foi encontrado e confessou o crime na delegacia na quarta-feira (24). Conforme as investigações da polícia, esta não foi a primeira vez que ele foi denunciado por abusar sexualmente de um menor de idade. “Ele já foi preso por um caso de estupro ocorrido há 20 anos com um sobrinho”, afirma a delegada.

Por conta da confissão e do caso de reincidência, a delegada pediu a prisão preventiva do pastor, que pode ser condenado a até 15 anos de reclusão por estupro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.