Adeus, Ferreira Gullar.

Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

domingo, 27 de março de 2016

Gagliasso recusa trabalho e não contracena com atriz por ciúmes de esposa


Lá em casa a última palavra é minha: "Sim senhora!". Aí uma expressão popular muito usada para reconhecer que é a esposa que dita as regras. Na noite deste sábado (26),  o ator Bruno Gagliasso admitiu que recusou um trabalho e não pode contracenar com uma atriz devido ao ciúme de sua esposa, Giovanna Ewbank. O caso foi relatado durante a divertida participação do casal no programa "Amor e Sexo", da Globo.

A apresentadora Fernanda Lima iniciou um quiz, com uma série de perguntas sobre o relacionamento do casal, e questionou a Giovanna "qual foi a maior prova de amor que ele [Gagliasso] deu a você?". "Eu tinha ciúmes de uma certa atriz e ele recusou o trabalho, porque o trabalho era com essa certa atriz", respondeu ela, sem revelar a identidade da profissional e sem especificar a que tipo de trabalho referia-se. Ao lado, Gagliasso apenas confirmou o episódio. Nas redes sociais, muitos internautas fizeram uma espécie de bolão e especularam o nome de várias atrizes que teriam provocado a crise de ciúmes de Giovanna. 

Após a revelação, o jogo prosseguiu com o casal e, em seguida, Fernanda Lima perguntou "ela morre de ciúmes quando...". "Quando eu falo o nome de uma pessoa", provocou Gagliasso. Giovanna fechou a expressão e rebateu. "Quem é? A sua mãe?". Nesse momento, Otaviano Costa interrompeu a brincadeira. "Foi um prazer ver o casal pela última vez junto."

A repórter do "Vídeo Show" também contou que não gosta que o marido siga algumas pessoas nas redes sociais. "Ele acha uma modelo da Victoria Secrets maravilhosa e veio me perguntar se podia segui-la na rede social e eu disse que não. Óbvio que eu sei que ele acha as mulheres maravilhosas, mas não precisa jogar na cara."

Casados há cinco anos, Giovanna e Gagliasso já enfrentaram uma crise no relacionamento, que fez o casal ficar separado durante dois meses em 2012. Na época, a modelo Caroline Francischini, grávida de seis meses, foi apontada como a suposta pivô da separação, após rumores de que o pai de seu filho seria Bruno.

Com informações do UOL.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.