Presidente da Editora Vozes é morto no Rio de Janeiro.

O diretor-presidente da Editora Vozes, Antônio Moser, 75 anos, foi morto com um tiro na manhã de hoje (9), na Rodovia Washington Luís (BR-040), em Duque de Caxias, no Grande Rio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes receberam a informação da morte por volta das 7h.

Quando chegaram ao local, os policiais encontraram Moser no banco do motorista de um Honda Civic, da Editora Vozes, na pista central, sentido Rio de Janeiro, na altura de Santa Cruz da Serra. Segundo a PRF, testemunhas informaram que dois homens foram vistos em uma moto no momento da morte.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, que já fez perícias no local. O corpo foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML).

Moser era frei franciscano, formado em filosofia e teologia, ex-professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e autor de mais de 25 livros.

Comentários

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos