Arena Condá recebe os heróis da Chapecoense. #ForçaChape

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sábado, 26 de março de 2016

Youtube Connect deve competir com Facebook Live e Periscope.


O Google deve entrar no mercado de live streaming para smartphones para competir com o Facebook Live, que recentemente foi liberado para usuários Android e o Periscope, do Twitter, de acordo com informações levantadas pelo site VentureBeat. O novo aplicativo chamado Youtube Connect viria com todos os recursos que você espera em um app de live-streaming como troca de mensagens e tags, como informou o site idgnow.com.br.

De acordo com a reportagem, o YouTube Connect deve ser lançado para Android e iOS com a habilidade de gravar e transmitir vídeo, assim como visualizar conteúdos criados por outros usuários. Você também poderia assistir as transmissões ao vivo no próprio site do YouTube como já consegue fazer com as atuais transmissões da plataforma.

Ainda não está claro quando o YouTube Connect será lançado, mas é provável que isso aconteça antes da conferência Google I/O em meados de maio. 

Como outros apps de live-streaming, o YouTube Connect deve permitir que usuários armazenem suas gravações na memória do telefone, da mesma forma mantê-las online como um histórico para outros usuários acessarem.

Porém, o VentureBeat chama atenção para um recurso em falta no YouTube Connect - a integração com contas do Facebook ou Twitter para permitir que outros usuários saibam quando você está transmitindo vídeos ao vivo. Ainda assim, é difícil imaginar o Google lançar um serviço sem tais habilidades, uma vez que é difícil ter expectadores quando você não faz nenhum alarde sobre suas transmissões.

A única alternativa a isso seria colocar tais transmissões em páginas recomendadas quando usuários realizarem buscas no YouTube ou o YouTube Connect enviar notificações a assinantes de canais do serviço. Se esse for o caso, isso poderia sugerir que o app seria restrito a celebridades do YouTube com um amplo número de seguidores, algo similar aos dias iniciais do Facebook Live. Mas, de qualquer forma, isso só é especulação. 

Concorrência

Atualmente, o YouTube é a plataforma de vídeo mais popular, mas a audiência do Facebook para vídeo está logo atrás do Google, de acordo com relatório da ComScore sobre audiência para vídeos online vistos em desktop.

O Twitter também está ganhando terreno, tendo ficado em 10º no ranking de audiência nos Estados Unidos. 

Nesse sentido, o YouTube não pode correr o risco de ficar para trás e deixar o Facebook e Twitter seguirem adiante em um mercado potencialmente popular de geração e consumo de vídeo. 

E mesmo se o YouTube Connect nunca for lançado da forma como foi reportado, a plataforma de vídeos do Google provavelmente entrará no universo de live streaming móvel a qualquer momento – especialmente agora que o Facebook já está lá.

Fontes: VentureBeat e IDGNOW!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.