Pescador captura tubarão de 150 kg , em Mongaguá, SP.

Cristina Kirchner acusa governo de montar operação para prendê-la.

Cristina Kirchner | Foto: Divulgação
Internacional — Cristina Kirchner compareceu à Justiça para depor em um processo que investiga a venda de contratos futuros de dólar a preços abaixo do mercado, que teria causado um prejuízo aos cofres públicos equivalente a R$ 17 bilhões. A ex-presidenta da Argentina entregou nesta quarta-feira (13/04) sua defesa por escrito.

Kirchner acusou o atual governo de montar uma operação para prendê-la e discursou para milhares de simpatizantes que foram até o tribunal para apoiá-la. “Podem me convocar 20 vezes. Podem me mandar prender, mas o que não vão conseguir é me calar e me impedir de dizer o que penso”, disse a ex-presidente. 

A ex-presidenta da Argentina deixou o governo sem passar a faixa presidencial ao sucessor Mauricio Macri. Na ocasião, Cristina Kirchner viajou para a província de Santa Cruz, no extremo Sul da Argentina e só voltou a Buenos Aires na última segunda-feira (11).

Washington Luiz, Repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Canal do Washington Luiz - Notícias