Impeachment de Temer deve ser aberto em 24 horas.

Michel Temer. Foto: José Cruz/Agência Brasil
Brasília - Responsável pelo pedido no qual o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o deputado Eduardo Cunha, abra um processo de impeachment contra o vice-presidente Michel Temer, o advogado Mariel Marley Marra, pediu nesta segunda-feira (11) ao ministro que a decisão seja cumprida em 24 horas.

Para o advogado, o presidente da Câmara tenta atrasar o cumprimento da decisão. "O presidente da Câmara enviou, em 6 de abril deste ano, ofício aos líderes partidários pedindo a indicação de integrantes para a comissão especial, sendo que Cunha já havia declarado na imprensa no dia anterior que pediria as indicações. Destacando que não instalaria o colegiado se os líderes não apresentassem os nomes partidários, o presidente da Câmara não estabeleceu prazo para os líderes enviarem as suas indicações", argumenta Marra.

Caso Eduardo Cunha se recuse a cumprir a decisão, o advogado Mariel Marley Marra pede que seja aplicada multa de aproximadamente R$ 3,3 milhões, valor equivalente a 100 vezes o salário de um deputado federal, que está em torno de R$ 33 mil. 

Comentários

Brasil ganha quinta medalha no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Londres



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake