Mitsubishi admite fraude em motores.

A Mitsubishi concedeu entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, dia 20 de abril. A empresa admitiu que aproximadamente 625 mil veículos sofreram alterações com objetivo de cumprir exigências ambientais.

De acordo com a Mitsubishi, funcionários decidiram alterar os motores para que os veículos fossem aprovados nos testes de emissões. 

Esta alteração trazia vantagens para empresa, que pagava menos impostos. Porém a Mitsubishi disse que está tentando identificar os funcionários que fizeram as alterações e os mesmos poderão ser responsabilizados na esfera criminal.

De acordo com a “Bloomberg”, agência internacional de notícias financeiras, logo após o anúncio da Mitsubishi suas ações despencaram na bolsa de Tóquio, com queda de mais de 15%.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Como porquinhos resgatados de incêndio acabaram servidos como linguiça para bombeiros.