Foto da mulher de Sérgio Cabral com roupas de presidiária circula na web.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

PSDB vai correr risco de apoiar Temer, diz Aécio Neves.


O senador Aécio Neves disse que o PSDB vai “correr o risco” de apoiar o governo do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), caso o Senado aprove a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Segundo o presidente Nacional do PSDB, Temer terá apoio necessário no Congresso para promover uma dura reforma no país. “Temos duas alternativas: talvez a mais cômoda, confortável, a da omissão, de dizer que não é conosco, que este [novo] governo é composto pelas mesmas figuras que combatemos ontem. A outra, é a opção de correr riscos, assumir desgastes e ajudar o Brasil a enfrentar essa crise”, argumentou Aécio Neves. “Vamos pagar o preço? Vamos e estamos preparados para isso. Vamos apoiar o governo Michel, mas em torno de uma agenda”, acrescentou.


Para Aécio Neves, o país precisa “regularizar as relações trabalhistas”, promover reformas “urgentes” do sistema político e previdenciário, além de profissionalizar a atuação das agências reguladoras e a gestão dos fundos de pensão. “Então, essa agenda dura, com uma base sólida que acredito que existe hoje no Congresso Nacional, pelo menos na largada, no início desse governo, pode ser a grande oportunidade para o Brasil viabilizar algumas dessas reformas e, pelo menos, encaminhar outras. A expectativa é muito grande”.

Edição Washington Luiz

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.