Tamanduá-mirim é resgatado de fábrica de cerâmica de Campos.

O tamanduá-mirim foi encontrado por funcionários da empresa durante a madrugada desta segunda.
Campos dos Goytacazes - Na manhã desta segunda-feira (23), o Grupamento Ambiental Municipal (GAM) resgatou dentro de uma fábrica de cerâmicas um tamanduá-mirim

Segundo informações, depois de passar por avaliação no Núcleo de Estudos e Pesquisa em Animais Selvagem (Nepas) da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), o tamanduá-mirim deverá ser solto nesta terça-feira (24).

O tamanduá-mirim foi encontrado por funcionários da cerâmica durante a madrugada desta segunda. “Com os latidos dos cachorros, os funcionários o identificaram e o mantiveram em um local protegido até a chegada do Grupamento Ambiental. Depois, o encaminhamos ao Nepas, na Uenf, para avaliação veterinária e, posteriormente, ele ser devolvido à natureza”, disse o comandante do GAM, Sávio Tatagiba.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.