Mulher é internada após sofrer 'overdose' de água

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

sábado, 28 de maio de 2016

Temer divulgou nota de repúdio ao caso de estupro coletivo no Rio.


O presidente Michel Temer repudiou o caso de estupro coletivo que ocorreu na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Uma adolescente, de 16 anos, teria sido estuprada por mais de 30 homens e, depois, ela foi exposta nua e desacordada em um vídeo que circulou nas redes sociais. "Repudio com a mais absoluta veemência o estupro da adolescente. É um absurdo que em pleno século 21 tenhamos que conviver com crimes bárbaros como esse", lamentou através de nota divulgada no seu perfil no Twitter.
"Vamos criar um departamento na Polícia Federal tal como fiz com a delegacia da mulher na Secretaria de Segurança Pública do governo Montoro, em São Paulo. Ela vai agrupar informações estaduais e coordenar ações em todo país"

Michel Temer disse também que convocou uma reunião com os secretários de segurança pública de todo país, na próxima terça-feira, para tomar "medidas efetivas para combater a violência contra a mulher". "Vamos criar um departamento na Polícia Federal tal como fiz com a delegacia da mulher na Secretaria de Segurança Pública do governo Montoro, em São Paulo. Ela vai agrupar informações estaduais e coordenar ações em todo país", contou.


Segundo Temer, o governo está "mobilizado, juntamente com a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro", para ajudar na apuração e punir os autores do estupro e da divulgação das imagens nas redes sociais.

Edição: Washington Luiz.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.