Bebê agredido pelo padrasto pode ter órgão genital amputado.

Bebê agredido pelo padrasto pode ter órgão genital amputado.
Novas informações sobre o caso de violência contra um bebê de 1 ano e 4 meses no estado do Amazonas. A criança deu entrada em uma unidade hospitalar no último domingo com várias marcas de mordidas. Fato noticiado em outro post, relembre aqui.

De acordo com o laudo da Polícia Civil, o bebê sofreu laceração peniana, lesões corporais, edemas corporais e fissura anal.

O bebê foi violentado pelo padrasto, um jovem de 17 anos. Ele confessou tudo. Disse aos policiais que estava sob efeito de drogas quando atacou a criança. A mãe do bebê, de 22 anos, também está sendo investigada. Ela é suspeita de participado do crime. A denúncia só veio à tona após os médicos da unidade de saúde desconfiarem das agressões. A mãe e o padrasto foram indiciados por tortura e estupro de vulnerável.

O estado de saúde da criança é estável, mas o bebê corre o risco de ter o órgão genital amputado. O bebê que não tem previsão de alta, mas pode receber visitas de parentes.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

  1. Monstros, tem que cumprir pena de prisão perpétua.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.