Câmara de São Paulo aprova Dia de Combate a Cristofobia.

Câmara Municipal de São Paulo aprova Dia de Combate a Cristofobia.
Esta semana a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, por unanimidade, um projeto de lei que estabelece o Dia de Combate a Cristofobia.

O PL 306/2015, de autoria do vereador Eduardo Tuma (PSDB), foi criado devido ao “crescimento da intolerância religiosa” e aos “ataques às pessoas que professam sua fé”, como o “desrespeito com símbolos religiosos e xingamentos”.

“Qualquer manifestação contrária à prática da homossexualidade é caracterizado como homofobia. Mas, quando evangélicos são atacados, não há qualquer tipo de punição,” disse o vereador Eduardo Tuma em entrevista ao 'Portal da Band'. Segundo o parlamentar, o projeto visa suscitar um debate na sociedade para garantir a liberdade de expressão das igrejas. 

A proposta inclui no calendário oficial da cidade o Dia de Combate a Cristofobia, a ser realizado no dia 25 de dezembro, e ainda precisa passar pela sanção do prefeito Fernando Haddad (PT). 

Edição: Washington Luiz

Comentários

Canal do Washington Luiz - Notícias