Foto da mulher de Sérgio Cabral com roupas de presidiária circula na web.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Polícia do Rio recolhe colchão do lugar onde o crime de estupro coletivo aconteceu.


Novas informações sobre o caso do estupro coletivo de uma garota de 16 anos no Estado do Rio de Janeiro. Os jovens Lucas e Raí, suspeitos de evolvimento no crime, devem ser transferidos ainda hoje para o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio. 
Polícia Civil do Rio recolhe colchão do lugar onde o crime de estupro coletivo aconteceu.
A Polícia Civil recolheu o colchão onde o crime aconteceu. O colchão foi levado para o Instituto de Criminalística Carlos Ebony. A polícia técnica vai buscar mais provas que devem ajudar a identificar outras pessoas que possivelmente participaram do estupro coletivo. 


Nesta terça-feira (31), o plenário do Senado aprovou hoje (31), por unanimidade, projeto de lei que tipifica os crimes de estupro coletivo e de divulgação de imagens desse tipo de crime. Em caso de morte da vítima, a pena passa a ser de 12 a 30 anos de prisão. Ouça reportagem abaixo:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.