Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Acusada de matar ex com 11 facadas acredita que rapaz está vivo.


Uma jovem, que está sendo acusada de ter matado o ex-namorado com 11 facadas durante o ato sexual, disse à juíza que os fatos estão "embaçados" na cabeça e que não se recorda do homicídio duplamente qualificado. Ontem (28/07), a Justiça de Rondônia divulgou trechos do depoimento de Vania Basílio Rocha. Ela acredita que o ex-namorado, Marcos Catanio Porto, ainda está vivo.

Vania foi diagnosticada com sociopatia em maio deste ano. Ela namorou com Marcos por dez meses. Em dezembro de 2015, de acordo com informações da Polícia Civil, ela foi até a casa do jovem e o matou. "Eu tapei o olho dele. Aí peguei a faca e meti nele. Ele reagiu e veio para cima de mim e eu fui para cima dele também. Fiquei olhando olho no olho até ele morrer ..." (Veja o depoimento neste link).

A jovem foi indiciada por homicídio qualificado, pois usou de meios que dificultaram a defesa da vítima. Em entrevista ao G1, o delegado Fábio de Campos contou que Vania disse que sentiu vontade de matar alguém. Disse que não usa drogas, e que nunca fez tratamento psiquiátrico. "Observamos que ela tem traços de um sociopata," disse o delegado.

Ao judiciário, Vania disse não se arrepender de nada, já que não praticou o crime. A jovem segue presa no presídio feminino da cidade. Com informações do G1.

Edição: Washington Luiz.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.