Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Jovem torturada pelo ex apanhava quieta: "se eu chorasse ele batia mais".


Depois de passar por maus momentos, sendo torturada pelo ex-marido, uma garota de 17 anos volta a viver ao lado de sua família na cidade de Votorantim (SP). Gustavo Vinícius de Oliveira Bernardino, de 21 anos, foi preso após um acidente de trânsito. 

Segundo informações do "G1", eles se conheceram em um baile funk, quando a jovem acabara de fazer 15 anos. Pouco tempo depois, passaram a morar juntos. A primeira agressão veio um mês após o começo do namoro. Ela disse ao portal de notícias da Globo que até tentou escapar, mas não conseguia pedir socorro. "Eu tinha que suportar porque se eu chorasse ele batia mais. Aprendi a segurar a minha dor. Tinha que apanhar quieta", contou a jovem.

O caso foi descoberto após um acidente de trânsito em Goiás, no último dia 12 de julho, quando o casal sofreu ferimentos leves. Durante atendimento da ocorrência, o Corpo de Bombeiros notou machucados antigos e infeccionados na cabeça da vítima e a levaram para o Hospital de Urgências. A Polícia Civil prendeu o jovem no dia 18, quando ele foi levado para o Centro de Inserção Social (CIS) de Santa Helena de Goiás. Com informações do portal G1.

Edição: Washington Luiz.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.