Ladrão devolve cavalo furtado após ver post sobre sofrimento de criança.

Emocionante, crianças cantam para todas as mães, veja!

Facebook do Momento Verdadeiro

domingo, 10 de julho de 2016

Pastor Felipe Heiderich está em liberdade sem o uso de tornozeleira.


Felipe Heiderich foi solto nesta madrugada da Cadeia Pública José Frederico Marques (Bangu 10), no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. O pastor é acusado de pedofilia contra o enteado de 5 anos. A liberação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). 

De acordo com a Seap, o pastor, preso em casa, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, na segunda-feira (4), está em liberdade sem o uso de tornozeleira. O juiz Paulo Cézar Vieira de Carvalho Filho, titular da 17ª Vara Criminal da Capital, determinou, no último dia 8, o uso do equipamento. Porém, a Seap não dispõe da tornozeleira, após o governo estadual ter interrompido o fornecimento por falta de pagamento à empresa contratada para o serviço.


Na decisão, o magistrado argumentou que o pastor estava preso temporariamente e como o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) não pediu a conversão em prisão preventiva, ele seria liberado. ALém do uso da tornozeleira eletrônica, o juiz proibiu o pastor de se aproximar da mulher, a pastora Bianca Toledo e do filho dela de 5 anos. Com informações da Agência Brasil.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.