Polícia suspeita que modelo Aline Furlan morreu em acidente.

São Paulo - A Polícia Civil trabalha com hipótese de  que Aline Pereira Godoi Furlan, de 28 anos, que estava desaparecida desde 14 de julho, morreu após ter sofrido um acidente de carro na Rodovia Luiz de Queiroz, onde o corpo da jovem e o carro foram encontrados neste domingo (31). Mas, de acordo com o delegado seccional de Piracicaba, João Sérgio Batista, outras possibilidades, como a de um crime, não foram estão descartadas ainda.

João Sérgio Batista disse: "Tudo leva a crer que um acidente aconteceu na noite do desaparecimento, até pelo estado em que o corpo foi encontrado". 

Aline Furlan foi vista ao sair de um bar de Piracicaba antes de desaparecer. A modelo pode ter sido vítima de um crime. Está possibilidade, de acordo com o delegado, será apurada no inquérito policial. "Tudo isso será objeto de apuração dentro do inquérito policial. Provavelmente foi um acidente de trânsito, mas não se descarta nenhuma possibilidade".


De acordo com informações do portal G1, a polícia aguarda resultados de laudos periciais, que vão identificar como o carro e o corpo da modelo chegaram à ribanceira e também a causa da morte de Aline. 

Edição: Washington Luiz.

Comentários

Brasil ganha quinta medalha no Mundial de Atletismo Paralímpico, em Londres



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake