Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Polícia do Rio faz perícia onde família morreu e repudia fotos vazadas.


A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro realiza nova perícia no condomínio Pedra de Itaúna, na Barra da Tijuca, onde as quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas nesta segunda (29). Os policiais chegaram no edifício pouco antes do meio-dia e deixaram o local por volta das 14h. Segundo a polícia, a suspeita é que o homem tenha matado a mulher e os dois filhos e depois se jogado pela janela. 


Em nota divulgada nesta terça, a Polícia Civil afirmou que repudia a divulgação das imagens dos corpos da família.  "Diante da tragédia que aconteceu hoje na Barra da Tijuca, onde um pai, a mãe e dois filhos morreram, percebemos como algumas pessoas, sem compromisso com a técnica e respeito à dignidade da pessoa humana, divulgam fotos do local, dos corpos, do interior do apartamento e de objetos que serão periciados. Estou me dirigindo as pessoas que tiveram acesso, em especial, a residência da família, antes da chegada da delegacia de homicídios. Esse comportamento é inaceitável, pois estamos diante de uma tragédia familiar e o mínimo que se espera é o respeito à intimidade dessa família", diz a nota assinada por Rivaldo.

Edição: Washington Luiz.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.