Após debate com Moro, senadores apresentam substitutivo a PL.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

sábado, 17 de setembro de 2016

Papa diz que “o Mediterrâneo se transformou em um cemitério”.


Notícia Internacional - O papa Francisco disse neste sábado (17) que a atual problemática migratória é “a maior crise humanitária depois da Segunda Guerra Mundial” e que o Mar Mediterrâneo se transformou “em um cemitério”. O pontífice recebeu na Sala do Consistório do Palácio Apostólico, no Vaticano, cerca de 150 participantes do encontro de ex-alunos jesuítas de todo o mundo, promovido pela Confederação Europeia dos ex-Alunos dos Jesuítas, e lamentou “a atual crise migratória, com 65 milhões de pessoas em todo mundo que foram obrigadas  a abandonar os próprios lares”.

Segundo o papa, trata-se de “um número sem precedentes, que vai além da imaginação” e é maior que a população da Itália. Em seu discurso, o papa qualificou a problemática migratória como “a maior crise humanitária depois da Segunda Guerra Mundial” e lembrou os migrantes que morrem tentando chegar à Europa. “Um número nunca antes alcançado de refugiados morre tentando atravessar o Mar Mediterrâneo, que se transformou em um cemitério”, comparou.

Francisco também lembrou os inúmeros conflitos que ocorrem no mundo, como “a terrível guerra da Síria” e as “guerras civis no Sudão do Sul”. Com informações da Agência Télam.

Edição: Washington Luiz

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.