Paracetamol P/500 contém vírus machupo?

Vocês ouviram dizer que o medicamento Paracetamol P/500 contém um vírus mortal chamado machupo? Bom! Esta informação não é nova, mas voltou a circular nas redes sociais. O texto traz um alerta sobre o remédio e  faz um apelo para que as pessoas não tomem o Paracetamol P/500 e também pede para os internautas compartilhar a notícia. 

Segundo o texto, trata-se de "um novo paracetamol , muito branco e brilhante, os médicos provam que contêm vírus "Machupo", considerado um dos vírus mais perigosos do mundo...," diz um trecho da mensagem atribuída à "Radio Nacional de Angola".

Leia:
Polícia encontra 26 corpos em depósito do Burger King?
Polícia descobre laboratório clandestino de Coca-Cola no Brasil?

Para deixar nossos leitores bem informados, a primeira coisa que pesquisamos foi sobre esse tal vírus Machupo. E descobrimos que ele existe e está associado à febre hemorrágica boliviana. A infecção causa febre alta, acompanhada de fortes sangramentos. Inclusive, o Machupo figura lista dos 10 vírus mais perigosos do mundo. "O Machupo pode ser transmitido de humano para humano, e roedores frequentemente o portam", informa o site DW.  
Calma, gente! Não queremos assustar ninguém. Mas para desmentir um boato é preciso seguir alguns critérios.  Agora que sabemos que o vírus existe, fomos buscar informações sobre os médicos que provaram que o Paracetamol P/500 contêm o vírus machupo e descobrimos que está informação não é verdadeira. Descobrimos também que a Radio Nacional de Angola não traz nenhum alerta sobre o uso do medicamento.

Além disso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária também não publicou nenhuma restrição sobre o uso de Paracetamol, muito usado para o alívio temporário de dores leves a moderadas associadas a gripes e resfriados comuns, dor de cabeça, dor de dente, dor nas costas, dores leves relacionadas a artrites, dismenorreia e para a redução da febre, como informa a bula do medicamento.

Veja também!

Conclusão: Está história de que Paracetamol P/500 contém vírus machupo é BOATO.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

  1. Caro Washington
    Seu comentário é irresponsável e sensacionalista. Um assunto sério como este, que envolve milhões de brasileiros, que usam este medicamento, não pode ser tratado de maneira tão leviana. Você conduziu o texto de maneira a convencer o leitor de que o medicamento era portador do vírus e só nas últimas linhas, como que dizendo, “pegadinha”, revelou a verdade.
    Assim você não desempenha seu papel de responsabilidade social e desgasta a imagem de nossa classe.
    Chico Ramos
    Jornalista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Chico Ramos, respeito sua opinião, mas tudo é uma questão de interpretação.
      Irresponsável é espalhar boatos pela internet. Mas cada um tem sua opinião. Isso é democrático.

      Excluir

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos