Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Macacos estão transmitindo vírus letal no Rio?


Pandemia é uma epidemia de doença infecciosa que se espalha entre a população localizada em uma grande região geográfica, define um texto publicado na enciclopédia livre Wikipédia. Sabendo disso, é muito importante está informado sobre o risco de pandemia em alguma região. E, principalmente, não acreditar em qualquer informação que circula pelas redes sociais e aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, antes de consultar uma fonte confiável. Digo isto porque rumores dão conta que macacos estão transmitindo vírus letal no Rio de Janeiro

A pergunta é: existe um princípio de pandemia mundial gerado por doença letal que estaria sendo transmitida por macacos? A resposta é NÃO. A Fundação Oswaldo Cruz esclareceu que as informações que circulam nas mensagens são inverídicas. De acordo com informações do telejornal da "Bom Dia Rio", da TV Globo, "o boato surgiu através de mensagens de voz se espalharem no WhatsApp, depois que a instituição passou a investigar a morte de vários macacos no Rio".

Leia a transcrição do áudio de uma dessas mensagens que circulam pelo WhatsApp: "Bom dia. Atenção ai a todos. Acabei de receber a notícia de um amigo zootecnista, o Martins conhece, não sei se o Pacheco conhece. A Cintia também conhece. É o Luiz Picorele, ele faz parte do grupo lá do PSS, ele acabou de informar que já existe um principio de pandemia, tá? Isso tá sendo abafado ainda, mas o pessoal da Fiocruz está contratando todos os zootecnistas do mercado para tentar decifrar o que está acontecendo. Essa mortalidade de macacos é a nível mundial. A última notícia de morte em seres humanos foi na Nicarágua e estão dizendo que ele transmite um vírus que ataca o sistema nervoso central e causa a morte em aproximadamente uma semana. Então, evitem os macacos, os micos, os zoológicos e matas. Não fiquem nunca próximos a macacos. E quem tem mata próxima de casa coloca tela na janela. Essas são as instruções iniciais que ele passou, tá? Fiquem atentos ai por que pelo jeito o negócio é sério e pode ser que cause mais problemas. Abraço ai no pessoal do grupo".

Confira a nota da Fundação Oswaldo Cruz sobre os rumores de doença letal transmitida por macacos: "Não há uma pandemia mundial sendo ababafa e não se pode falar em qualquer doença até o momento, uma vez que o laudo definitivo ainda não foi emitido. A Fiocruz confirma o recebimento de amostras de primatas da cidade do Rio de Janeiro para análise laboratorial no dia 13 de outubro. Destacamos, no entanto, que não houve e não haverá contratação de zootecnistas para avaliar o caso. As amostras seguem o protocolo e o fluxo padrão da Fiocruz para seu processamento. O laudo definitivo será enviado para a Secretaria Estadual de Saúde".

Sobre a morte de macacos: o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) descarta a possibilidade de envenenamento. Para o Ibama, a causa do surto pode ser um vírus. A Fiocruz diz que um laudo definitivo será enviado para a Secretaria Estadual de Saúde.

Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar?
Vacina da gripe H1N1 é veneno mortal?

Orientação: O veterinário e biólogo Jeferson Pires alerta que, por conta disso, quem encontrar um macaco doente não deve tentar pegar ou tocar. O procedimento correto é ligar para a prefeitura no número 1746, para que autoridades competentes façam o resgate, sem risco para bichos ou humanos, como informou o telejornal "Bom Dia Rio".

Leia também:
Gilberto Gil morreu? NÃO! É boato.

Conclusão: sobre esta história de que macacos estão transmitindo vírus letal e contratação de zootecnistas. Fiocruz diz que não há nenhuma pandemia sendo abafada e que não está contratando especialistas. É BOATO.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.