Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Maníaco do Parque vai virar bispo da Universal? Não! É boato.


Então! É verdade que Francisco de Assis Pereira, que ficou conhecido como "Maníaco do Parque", será bispo da Igreja Universal? Essa história  começou a circular pelas redes sociais depois de ter sido publicada no site Jornal do País e reproduzida por outros. 

O texto conta detalhes da vida do "Maníaco do Parque" e somente no último parágrafo menciona o que supostamente seria um desejo de Francisco de Assis ao deixar a prisão. "Hoje, dizendo estar prestes a ser solto, Francisco dedicará a sua vida a ser missionário e se tornar bispo na Igreja Universal". Na cadeia de Taubaté, Francisco teria dito que é evangélico e que gostaria de ter filhos.

Nesta história toda tem um detalhe que precisa ser esclarecido. Quem falou que o "Maníaco do Parque" vai deixar a prisão agora? Ele confessou seus crimes em 1998. O motoboy Francisco de Assis Pereira matou pelo menos 11 mulheres e foi julgado pelo assassinato de dez, sendo condenado pelos crimes de estupro, estelionato, atentado violento ao pudor e homicídio.

Pelos crimes que cometeu, Francisco foi sentenciado a 271 anos de prisão. Porém, segundo a lei brasileira, a pena máxima 30 anos. Também é preciso explicar que para ser bispo da Igreja Universal tem que seguir uma carreira. Porque na IURD tem hierarquia. Geralmente tem que ser obreiro, depois pastor auxilar, depois titular, pastor regional, e depois de muitos anos pode ser que seja levantado bispo.

Temer quer proibir o uso da Bíblia Sagrada em 2017 no Brasil?

Conclusão: Essa história de que o Maníaco do Parque vai virar bispo da Universal é BOATO.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Um comentário :

  1. Até porque ele precisaria ter iniciado esse processo na adolescência...Já viram algum pastor auxiliar com mais de 25 anos???

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.