Adeus à Kim Jong-hyun, vocalista da banda de K-pop SHINee.

Embaixador da Grécia é assassinado; PM confessa e viúva é suspeita.

Embaixador da Grécia foi assassinado → A informação foi confirmada nesta sexta-feira (30). De acordo com a polícia do Rio, a esposa do diplomata teria um caso amoroso com um  policial militar, que confessou ter assassinado o embaixador Kyriakos Amiridis, de 59 anos. 

A esposa dele, identificada como Françoise, também teria envolvimento no crime. A Justiça já decretou a prisão temporária do casal e de um primo do policial. Kyriakos estava desaparecido desde segunda-feira à noite. Foi a esposa dele que comunicou o desaparecimento dele a polícia na última quarta-feira. Segundo informações do portal Terra, o corpo do embaixador da Grécia no Brasil foi encontrado dentro de um veículo incendiado em Nova Iguaçu.

Françoise disse, em depoimento, que era constantemente agredida pelo marido. Porém, nega envolvimento no assassinato.

Para o delegado Evaristo Pontes Magalhães, trata-se de um crime passional. Por enquanto, não foi possível determinar a causa da morte do embaixador devido ao estado do corpo. Segundo a polícia, o corpo foi queimado e ainda existe a hipótese de esfaqueamento.

Entenda o caso → Kyriakos Amiridis estava desaparecido desde da última segunda-feira. A esposa teria planejado a morte do embaixador. E o  policial Sérgio Gomes Moreira Filho, de 29 anos,  que seria amante da esposa do diplomata, executou ele na noite da última segunda-feira na sua própria casa em Nova Iguaçu. Segundo o delegado Evaristo Pontes Magalhães, o policial confessou o crime. O primo de Moreira ajudou a retirar o corpo do embaixador da casa e afirmou que a esposa da vítima lhe ofereceu 80 mil reais pelo crime. 

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.