Eike Batista pode ser preso a qualquer momento.

O empresário Eike Batista pode ser preso a qualquer momento. Na manhã desta quinta-feira (26/01), a Polícia Federal tenta cumprir um mandado de prisão preventiva contra Eike. O empresário é investigado por corrupção ativa por ter pagado propina para o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) utilizando um contrato fictício. 

Por volta das 6h da manhã, os agentes chegaram à casa de Eike Batista, no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro. Porém, de acordo com informações do portal UOL, o empresário não está no Brasil. 

Sendo assim, neste momento, Eike Batista é considerado foragido pela Justiça. Contra ele também está sendo cumprido mandado de busca e apreensão. O advogado dele disse à Globo News que seu cliente se entregará quando voltar ao país.

Além do mandado contra Eike, foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, mais 8 mandados de prisão preventiva, 4 de condução coercitiva e 22 de busca e apreensão, todos no Rio de Janeiro. Entre os alvos de mandado de prisão estão o ex-governador Sérgio Cabral, seu ex-assessor Carlos Miranda e o ex-secretário de governo Wilson Carlos. A ação da Polícia Federal faz parte da Operação Eficiência, segunda fase da Calicute, braço da Lava Jato.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Veja também

Preso processa policiais após ter uma ereção de 4 dias.