Boneca pode ser hackeada para espionar crianças, diz autoridades alemãs.

Quem assistiu CSI Cyber viu como os hackers podem aproveitar uma simples falha no sistema. Na série, uma equipe especializada em investigar crimes cibernéticos, explora a Deep Web, sempre atrás dos criminosos virtuais. Infelizmente, só teve duas temporadas. Deixando de lado a fixação, que sempre tem um fundo de realidade, vamos falar da boneca falante Minha Amiga Cayla

De acordo com uma reportagem da "BBC", autoridades alemãs fazem alerta contra boneca que pode ser hackeada para espionar crianças. Isso pode ocorrer devido as brechas de segurança identificadas na tecnologia do brinquedo. Então, as autoridades estão aconselhando pais a destruir a boneca falante. O aviso foi dado pela Agência Federal de Redes (Bundesnetzagentur), responsável pelas telecomunicações.

Como Cayla responde perguntas por meio da internet, especialistas afirmam que hackers podem usar o dispositivo de bluetooth da boneca para ouvir e falar com as crianças que brincam com ela. Para Associação Britânica de Produção de Bonecos, Cayla "não apresenta riscos. Não há razão para se alarmar", disse a entidade à BBC.

O grupo Vivid Toy, distribuidor do brinquedo, disse anteriormente que casos de invasão de privacidade eram isolados e foram feitos por especialistas. Porém, em entrevista à BBC, a comissária de Justiça, Consumo e Igualdade de Gênero da União Europeia, Vera Jourova, se mostrou preocupada. "Estou preocupada com o impacto dessas bonecas conectadas na privacidade e segurança das crianças".

Embora a empresa diz que está atualizando o aplicativo usado na boneca Cayla, especialistas advertem que o problema ainda não foi resolvido.

Edição: Washington Luiz.
Com informações da BBC.

Comentários

CNJ autoriza uso do WhatsApp para intimações judiciais.



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake

Recomendadas para Você