Costureira de 67 anos foi diagnosticada com HIV.

Polícia prende 2 travestis e mulher que dopavam clientes em Copacabana.

Rio de Janeiro - Duas travestis e uma garota de programa, que dopavam clientes que as procuravam nas ruas de Copacabana, foram presas por agentes da 12ª DP. De acordo com informações do jornal "O Dia", David Daniel Alves de Jesus, a Jéssica, de 19 anos; Alan Bruno da Silva Soares, a Bruna, 30 anos; e Nathália Malafaia Pinheiro, 28 anos, trabalham nas ruas de Copacabana e os homens, alvos dos golpes, as procuravam para programas em hotéis da região. 

Ainda de acordo com a publicação, as vítimas eram drogadas com uma mistura de remédios controlados, como antidepressivos, e o trio fazia saques e compras com os seus cartões. Em um fim de semana, foram mais de R$ 50 mil em transferências bancárias e compras em lojas de luxo. Imagens dos estabelecimentos flagraram a ação delas.

A operação, denominada "Antídoto", que prendeu o trio foi deflagrada na última quinta-feira, após informações de que elas viajariam para o exterior. Segundo o delegado Gabriel Ferrando, o golpe é uma espécie de nova modalidade do já conhecido "Boa Noite, Cinderela", quando as vítimas são drogadas, mas apagam. Além do prejuízo financeiro, os homens corriam risco por conta da mistura dos remédios feita pelas criminosas.

Edição: Washington Luiz
Com informações do jornal O Dia.

Comentários

Veja também

Zeca fica com Jeiza e Bibi com Caio.