Campos, RJ, descarta caso de jovem com suspeita de febre amarela.

A Prefeitura Campos dos Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, informou nesta quarta-feira (22/03), que a paciente de 18 anos, que chegou a ser internada no Hospital Geral de Guarus (HGG), com suspeita de febre amarela, estava com leptospirose. O resultado do exame, analisado no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro (Lacen-RJ), foi divulgado ontem.

De acordo com informações da Vigilância em Saúde de Campos, a jovem apresentou sintomas parecidos com os da hepatite. Porém, a febre amarela não foi descartada. Com isso, o material foi coletado e enviado para análise laboratorial. Com um quadro clínico estável, a paciente — moradora do distrito de Caxeta — recebeu alta do HGG no dia 17 de março. 

Na ocasião, em entrevista coletiva à Imprensa, a diretora de Vigilância em Saúde, drª. Andréya Moreira, informou que nenhum parente da jovem apresentou os mesmos sintomas, descartando a necessidade de acompanhá-los. A responsável pelo setor voltou a lembrar que Campos não apresentou outros casos suspeitos ou confirmados da febre amarela

Vacinação contra febre amarela

Desde o último fim de semana, a Vigilância em Saúde iniciou a vacinação em massa em Campos. Durante a semana, a imunização é feita nos seguintes polos, das 8h às 16h:  Secretaria de Saúde, CRTCA I e II, Fundação Municipal de Esportes (antiga AABB), Ginásio do CCH da Uenf, UBS de Ururaí, UBS do Joquei, UBS da Penha, Hospital São José, Fundação Rural de Campos, Centro de Saúde de Guarus, UBS Alair Ferreira, UBS de Farol de São Tomé, Vila Olímpica do Parque Guarus e Vila Olímpica de Travessão. 

Edição: Washington Luiz
Fonte: PMCG.

Comentários

Menina teve reação à tatuagem de henna. Impressionante!