Adeus à Kim Jong-hyun, vocalista da banda de K-pop SHINee.

Idoso é preso acusado de mata mulher que cuidava dele.

São Paulo - O marido de Simone de Moura Facini Lopes, de 31 anos, assassinada em uma chácara de São José do Rio Preto, ficou sabendo que Francisco Lopes Ferreira, de 64 anos, confessou o crime. O idoso foi preso na última segunda-feira (20) ao sair de uma mata, onde ficou escondido por 10 dias.

César Augusto Lopes disse que a Simone levava comida para o suspeito todos os dias na hora do almoço e, às vezes, ia à noite também. A vítima frequentava a chácara, onde foi encontrada morta e acorrentada à cama, há cerca de seis meses. 

De acordo com a família, ela ensinava o idoso a ler e a escrever. No último domingo (12), dia em que foi morta, daria aula de ensino religioso para ele. "Ela ia fazer a alfabetização, o estudo bíblico, e fazia com amor. De vez em quando, eu a via pegar o caderninho corrigir os estudos dele e organizar para o próximo dia", afirma.

Segundo informações do portal 'G1', a reconstituição do crime deve ser feita na próxima semana. Além do idoso, outro suspeito, identificado como Juvenal Pereira dos Santos, de 47 anos, também foi preso perto da chácara onde morava e onde o crime aconteceu. Os dois já cumpriram pena juntos por estupro.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do G1.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.