Eike Batista cumprirá prisão domiciliar.

O juiz federal Gustavo Arruda Macedo liberou Eike Batista para cumprir prisão domiciliar. O magistrado atendeu a determinação da liminar do Supremo Tribunal Federal.

Na última sexta-feira (28/04), o ministro Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a Eike Batista e considerou que não se justifica o argumento de que o empresário deve ficar preso para não atrapalhar as investigações.

No entendimento do ministro Gilmar Mendes, o "perigo que a liberdade do paciente representa à ordem pública ou à instrução criminal" pode ser substituído por medidas cautelares "menos gravosas" do que a prisão preventiva.

Com a decisão deste sábado, Eike Batista pode sair do presídio a qualquer momento.

Eike teve a prisão preventiva decretada após dois doleiros dizerem que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. 

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do portal G1.

Comentários



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake