Advogado condenado a 9 anos de prisão por morte de bailarina é solto.

Ceará - O advogado, que foi condenado pela morte de uma bailarina em Fortaleza, foi solto nesta quinta-feira (04/05). Wladimir Lopes de Magalhães Porto deveria cumprir pena de 9 anos e 2 meses, mas sua pena foi extinta devido à demora no julgamento.

Wladimir estava preso desde o ano passado.

A mãe  da bailarina Renata Maria Braga, Oneide Braga, lamentou a situação da Justiça em todo país. Ela disse que fez tudo o que pôde para que o advogado pagasse pelo crime. 

Wladimir Porto estava preso na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, antigo o Presídio Militar, no Complexo Penitenciário de Aquiraz. 

A Justiça concedeu o alvará de soltura, e o acusado deixou o presídio por volta das 12h30, acompanhado de advogados.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do G1.

Comentários



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake