Mecânico ajudou padrasto a carregar corpo de menino: "nunca imaginei".

Sem saber, mecânico ajudou padrasto a carregar caixa com corpo de menino. O profissional concedeu entrevista ao portal de notícias 'G1' e contou detalhes sobre o que ocorreu no último sábado, dia 20 de maio.

Ele disse que viu o padrasto arrastando uma caixa do depósito. "Ele pediu ajuda para colocar a caixa nas costas dele. Estava bem pesada, mas não perguntei o que era nem senti cheiro diferente. Ele saiu e não o vi mais. Eu nunca imaginei", disse o mecânico.

O corpo do menino Antônio Jorge Ferreira da Silva, de 9 anos, morto ao ser enforcado por um lençol, estava em uma caixa de papelão e foi abandonado em um matagal. A mãe do menino, Geane da Silva de Oliveira, de 27 anos, e o companheiro dela, Renato Carvalho Lima, de 20, foram presos suspeitos do crime, ocorrido em Goiânia. 


As investigações apontam que o crime foi cometido na noite da última sexta-feira (19/05).

Washington Luiz,
Repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.