Maia admite suspender recesso para votar eventual denúncia contra Temer.

Olá pessoal. O deputado Rodrigo Maia admitiu a possibilidade de que o recesso parlamentar do Congresso Nacional seja suspenso para análise de um eventual pedido de denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer.

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, a questão pode justificar uma suspensão do recesso, marcado para acontecer entre 18 e 31 de julho. Temer seria acusado dos crimes de obstrução de Justiça, corrupção passiva e participação em organização criminosa. 

A eventual denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, teria como base a gravação de uma conversa entre Temer e o presidente da JBS, Joesley Batista, além de delações de executivos da empresa.

Para que a investigação tenha andamento é necessária a autorização de, no mínimo, dois terços dos representantes da Câmara. Com informações da Agência Brasil.

Comentários

Veja também

Zeca fica com Jeiza e Bibi com Caio.