Suspeito de estupro liberado pela Justiça de SP é preso novamente.

Assunto: Ocorrência Policial.

Suspeito de ato obsceno dentro de ônibus em SP foi preso novamente.

Suspeito de estupro liberado pela Justiça de SP é preso novamente.

Suspeito de estupro liberado pela Justiça voltou a atacar.

Olá pessoal. Suspeito de ato obsceno dentro de ônibus volta a atacar mulher em São Paulo. O jovem Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, havia sido preso na última terça-feira (29/08) por ejacular em uma mulher dentro de um ônibus, e liberado por determinação do juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto na última quinta-feira (30/08), foi preso novamente neste sábado (02/09), após atacar outra mulher dentro de um ônibus.

De acordo com informações da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), Diego foi preso pelos passageiros do ônibus depois da suspeita de ato obsceno contra uma mulher. Ele, a vítima e testemunhas foram levadas para o 78º Distrito Policial (DP).

No entendimento do juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto, o caso envolvendo o ajudante geral Diego não era estupro, mas importunação ofensiva ao pudor. Contravenção penal cuja pena é de multa. Ao liberar o acusado, o magistrado justificou sua decisão dizendo que Diego não teria usado violência. Mas cabe ressaltar que Novais foi acusado ao menos 17 vezes de ter praticado diversos crimes sexuais, entre assédio e estupro consumado, segundo informações da Folha de São Paulo.

Comentários

Veja também

Luan Santana quer trocar sertanejo pelo rock.